“Quem matou Teori?” A esquerda também quer conspirar

Viver no país em rescaldo da eleição da mamadeira de piroca não é nada fácil. Se a extrema-direita chegou ao poder em vários lugares do mundo espalhando teorias da conspiração preconceituosas como marxismo cultural, genocídio branco, conspiração gay, entre outras, certa esquerda extremamente juspositivista chegou a conclusão que a melhor forma de ganhar esse eleitor de volta é conspirando ainda mais.

Depois de meses com conspirações sobre o mito da facada falsa – um alento a um presidente que não consegue falar, mas adora mostrar a barriguinha por aí – agora retornamos com o suposto homicídio do ex-ministro do STF, Teori Zavascki, após a #vazajato revelar mensagem de Deltan Dallagnol, onde o procurador diz que o ministro Luiz Fux apoiou Sérgio Moro em ‘queda de braço’ com Teori.

É sabido que para um bom conspiracionista, nenhum fato importa. Mas seguirei insistindo até que alguém se sinta envergonhado de dizer tamanha bobagem. Essa teoria se baseia no fato da página do registro do avião ter sido acessada mais de mil vezes no dia anterior ao do acidente.

Contudo, o avião não caiu por falha mecânica. Na verdade, as relações de poder no capitalismo foram as culpadas.

O aeroporto de Paraty não tem torre de controle, não tem luzes e muito menos instrumentos. Lá só se pousa se houver possibilidade de aproximação visual. Quem conhece a região, sabe bem que é normal chover e ter neblina ali, e não foi diferente no fatídico dia.

O relatório do Cenipa, órgão responsável por investigar a causa do acidente e propor melhorias na aviação, relata uma visibilidade bem inferior à metade do mínimo necessário para um pouso seguro.

Teori e Fux divergiam sobre Operação Lava Jato (Crédito: Alan Sampaio / iG Brasília)

Mas, então, por que tentar pousar? Simples: o voo não era de uma linha aérea, mas de um avião privado, com piloto privado e com o dono ali, presente, querendo impressionar o amigo ministro. Qualquer pessoa que já trabalhou na vida entende perfeitamente a hierarquia dessa tomada de decisões e a remoção de agência do responsável pela segurança em detrimento de quem paga a conta.

Esses setores da esquerda que buscam em conspirações furadas uma razão para ter perdido a eleição de 2018 deviam pensar nos erros estratégicos e no abandono de setores que os levaram ao poder. Não precisamos de conspirações e invencionismos. A esquerda tem algo muito mais poderoso, que é a verdade.

A partir de R$ 2 mensais, você colabora com a produção de mais conteúdo nas plataformas do Lado B do Rio. Seja Padrim e conheça as metas e benefícios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest