Uma conversa ao telefone na pandemia

Em algum momento de 2020 ou 2021, durante a pandemia, o telefone toca:

— Alô?!

— Oi Jairo…

— Fala Brás! E aí, como você tá? O que mandas?

— Então, meu camarada, tô te ligando…então, você soube que meu pai pegou Covid né?

— Ah, esse vírus é superdimensionado, né? Só uma gripezinha, pô.

— Então, cara, não é assim…tô te ligando porque meu pai não resistiu, cara…

— Ah, uns vão morrer? Vão, ué, lamento. É a vida.

— Que isso, cara, tô te ligando pra dar a notícia…

— É a vida. Todos nós iremos morrer um dia.

— Mas meu amigo, eu tô mal, queria sua ajuda nesse momento…

— Eu não sou coveiro!

— Pô, Jairo, não fala assim comigo, meu pai acabou de morrer.

— E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Eu não faço milagre!

— Poxa, cara, eu confio em você, você é meu amigo, tô te contando porque tô triste…

— Olha, Brás…a gente lamenta todos os mortos, né? Mas é o destino de todo mundo.

— Mas, cara, eu era muito ligado no meu meu pai, você sabe…

— Tem que deixar de ser maricas, pô!

— O que tá acontecendo, cara? Não fala assim comigo, isso tá errado…

— O que está errado é a histeria, como se fosse o fim do mundo!

— Mas a gente está vivendo uma pandemia, tu sabe né?

— Tudo agora é pandemia, tem que acabar esse negócio, pô.

Espantado e sem reação, Brás faz menção de largar o telefone, mas continua ouvindo. A ligação parece estar no fim, mas a conversa prossegue: Jairo continua falando.

Nesta foto, o presidente da República Jair - não Jairo - fala ao telefone.
Nesta foto, o presidente da República Jair – não Jairo – fala ao telefone.

Leia também:
FHC: oráculo para o jornalismo, irrelevante para o povo
Um levante contra o feminicídio
Governo militar de Bolsonaro dá razão ao detento Dorival

A partir de R$ 2 por mês, você colabora com a produção de mais conteúdo nas plataformas do Lado B do Rio. Seja Padrim ou apoie no PicPay e conheça as metas e benefícios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pin It on Pinterest